Posted in Pediatra Pediatria

Acompanhamento pediátrico: com que frequência você deve levar seu filho ao médico

Acompanhamento pediátrico: com que frequência você deve levar seu filho ao médico Posted on 25 de julho de 2019

Acompanhamento pediátrico: com que frequência você deve levar seu filho ao médico

A criança deve ir ao pediatra logo na primeira semana de vida, quando ainda é recém-nascida. Depois, uma vez por mês, até completar 6 meses. Dos 6 aos 18 meses, as consultas de pediatria passam a ser trimestrais. Daí em diante, a criança deve ir ao pediatra a cada 6 meses (até completar 2 anos) e uma vez por ano (até aos 18 anos). Lembrando que existem casos em que o pediatra precisa solicitar uma maior frequência de visitas, devido alguma alteração que deve ser acompanhada. As consultas de pediatria  são fundamentais para acompanhar o desenvolvimento da criança, além de prevenir e diagnosticar precocemente doenças da infância.

É importante ficar alerta a alguns indícios de que a situação pode ser mais grave. Caso de desconforto para respirar, convulsões, rebaixamento do nível de consciência, febres que não melhoram mesmo depois do uso de medicações, lesões de pele que não estejam melhorando, sinais de desidratação, vômitos persistentes, entre outras situações mostram que é sim a hora de levar o pequeno a uma unidade de urgência e emergência.

Além dos procedimentos que devem ser realizados logo após o nascimento e que fazem parte da triagem neonatal, outros exames devem ser realizados ao longo do desenvolvimento do bebê e de acordo com as necessidades dele, para detectar qualquer anormalidade. Outro ponto essencial é a vacinação, incentivada pelos pediatras durante o atendimento aos pacientes. Embora ao longo das décadas algumas doenças tenham sido erradicadas, como a varíola e a poliomielite, nos últimos anos muitas famílias estão deixando de vacinar suas crianças por medos infundados e incentivados por crendices populares. Isso é perigoso e irresponsável  lembre-se de que você faz as escolhas que vão garantir ou não a saúde do seu filho.

Escolher um pediatra que acompanhe a criança desde o nascimento é uma das formas de estabelecer um vínculo intenso e de confiança, tanto para os pais quanto para o filho. Com o passar do tempo, a relação de proximidade passa a ser um facilitador nas consultas, pois a criança tende a participar de modo cada vez mais espontâneo e ativo, expondo suas queixas e suas necessidades.